Cuidado Infantil

Dicas e cuidados imprescindíveis à boa higienização das mamadeiras

 | 

Ainda que a amamentação no peito seja a mais recomendada para a alimentação saudável do bebê, muitas mamães não podem ou optam por não amamentar seus filhos, e precisam recorrer, em algum momento, às mamadeiras. Assim, é importante atentar para a correta higienização das mamadeiras, cuja limpeza adequada evita a proliferação de fungos e bactérias que comprometem a saúde dos pequenos.

Pensando nisso, filhos&tal preparou para suas leitoras algumas dicas e orientações importantes sobre esse processo, visando contribuir com os cuidados para o bem-estar de seus bebês.

Leia também: Você sabe dar banho em recém-nascido? Aprenda o passo a passo

E a primeira dica é que não se deve usar a mesma mamadeira ou bico para os diferentes tipos de alimentos, como leite e suco, por exemplo. O ideal é ter uma mamadeira para cada alimento, o que facilita a limpeza do recipiente e diminui as chances de contaminação.

Outra coisa importante é distinguir limpeza de esterilização, que são processos diferentes e muito importantes no processo de higienização das mamadeiras.

Higienização das mamadeiras

A boa limpeza começa pela retirada dos resíduos imediatamente após a mamada, pois deixar restos de leite, suco ou outros alimentos só aumenta as chances de contaminação. Então, mesmo que você não tenha como lavar o recipiente logo após a utilização, pelo menos derrame o que sobrou e o enxague em água corrente.

Para a limpeza das peças, propriamente, use uma escovinha própria para cada tipo de mamadeira, de modo a alcançar os cantinhos mais difíceis, evitando sobras de resíduos que possam, posteriormente, causar a proliferação de bactérias. Evite usar, na higienização das mamadeiras, a mesma esponja que usa para lavar as loucas comuns da casa, e também não dispense o detergente. Em farmácias, e mesmo em supermercados, é possível encontrar produtos atóxicos e adequados para a higienização das mamadeiras.

Leia também: O que não pode faltar no enxoval do bebê?

Já a esterilização é feita com água fervente, numa panela ou em recipiente específico para este fim. Alguns inclusive podem ser usados no micro-ondas.

“Para quem usa a panela, após entrar em ebulição, a água deve ser retirada do fogo, e os recipientes (mamadeiras e bicos) submersos nessa água por, pelo menos, cinco minutos”, orienta a  enfermeira e consultora materna Eurania Pinheiro Pita. Ainda segunda a profissional, não é aconselhável colocar os itens enquanto a água estiver fervendo. A higienização das mamadeiras deve ser feita depois da água aquecida e fora do fogão.

Higienização das mamadeiras

Após estarem devidamente limpos, os itens devem secar naturalmente, sem a utilização de panos, para que não haja contaminação, e guardados em recipiente também adequado para este fim, como um depósito de plástico, por exemplo, que também deve estar sempre limpo e seco.

“As mamadeiras, assim como os bicos e chupetas devem ser limpos a cada uso, e esterilizados pelo menos uma vez ao dia”, frisa Eurania Pita. Ela comenta que todos estes cuidados com a higienização das mamadeiras são necessários porque bebês não possuem um sistema imunológico completamente desenvolvido, podendo facilmente adoecer por conta de micro-organismos presentes em utensílios mal higienizados.

“Um dos problemas mais comuns são as chamadas infecções intestinais, mas outros problemas mais sérios também podem acontecer, daí a necessidade de muita atenção e cuidados na higienização das mamadeiras”, reforça.

filhos&tal

4 Comments

  1. Pingback: Você sabe dar banho em recém-nascido? Aprenda o passo a passo

  2. Pingback: Cadeirinhas para bebês nos supermercados: todo cuidado é pouco

  3. Pingback: As melhores dicas sobre como higienizar os dentes do bebê

  4. Pingback: Como se organizar para a volta ao trabalho após a licença maternidade?

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *