Bem-estar

Aleitamento Materno: a base da vida; começam preparativos para a Smam

 | 

Marcada para acontecer entre os dias 1º e 8 de agosto, a Semana Mundial de Aleitamento Materno (Smam) terá como tema deste ano ‘Aleitamento materno: a base da vida’. Um dos objetivos é conscientizar mamães e papais sobre a importância da amamentação para o bebê, já que o leite materno contém todos os nutrientes e anticorpos necessários ao desenvolvimento saudável da criança, protegendo-a contra doenças e reforçando seu sistema imunológico.

Leia também: Leite materno: apenas 38% recebem exclusivamente o alimento padrão ouro dos bebês

Em Manaus, os preparativos para o evento, com ações voltadas para mães e bebês, começaram na última sexta-feira (29), com o ‘Seminário Preparatório para a Smam 2018’. O evento contou com a presença de diversos profissionais e estudantes da área da saúde, como enfermagem, medicina, nutrição e psicologia. Houve muita troca de experiências e até curiosidades sobre a amamentação.

Aleitamento materno 1

Durante o Seminário Preparatório da Sman 2018 houve troca de experiências sobre o aleitamento materno – fotos: Yndira Assayag

“O leite materno deve ser o alimento padrão na vida de todo o bebê”, afirma a chefe do Núcleo da Criança e do Adolescente da Prefeitura de Manaus, enfermeira Ivone Amazonas. De acordo com ela, apenas o aleitamento materno, principalmente nos primeiros dias de vida, é capaz de garantir os benefícios essenciais à vida do bebê. “Estudos já comprovaram que aquele bebê que mama mais no seio da mãe se torna uma pessoa mais inteligente, mais confiante e com a saúde totalmente em dia. O que também deixa a mamãe muito mais feliz”, explica.

Ainda durante o Seminário Preparatório para a Smam 2018, Ivone informou que o leite humano é composto de 3,8% de gordura, 0,9% de proteína e 7,0% de lactose. Doses ideais para o bom desenvolvimento do bebê até os seis primeiros meses de vida, quando ele deve ser alimentando exclusivamente por aleitamento materno.

Leia também: Entenda as diferenças entre alergia ao leite e intolerância à lactose

Conforme a enfermeira, a gordura presente no leite da mamãe favorece o crescimento do bebê. “Essa gordura é o que vai auxiliar a criança a sentir outros sabores futuramente. Quanto à proteína, ela é a específica para a raça humana e a lactose serve para dar energia ao bebê. Todos estes elementos reunidos no leite humano são capazes de garantir a imunidade da criança. Um leite industrializado, formulado, não supre essas necessidades”, destaca.

Aleitamento materno: a base da vida

Sempre enfatizando que o leite materno é a base da vida, Ivone ressalta também a importância da amamentação logo após o parto. De acordo com a enfermeira, o contato pele a pele entre mãe e bebê estimula a produção de leite no peito e ainda ajuda a estabilizar mais rápido a temperatura corporal da criança que acabou de nascer.

“São muitos os benefícios do leite humano nas primeiras horas de vida de uma criança. Com a Semana do Aleitamento Materno, a partir do dia 1º de agosto, esperamos conscientizar não apenas as mamães, mas toda a família e até mesmo os profissionais de saúde, da importância de amamentar, dos cuidados fundamentais nesse momento tão bonito na vida de uma mulher e tão fundamental para um recém-nascido”, enfatiza Ivone.

Também presente no seminário, a enfermeira Gerda Costa salienta a importância dos cuidados por parte dos profissionais da saúde com mãe e bebê. De acordo com ela, é fundamental que a equipe presente no momento do parto esteja capacitada profissionalmente e psicologicamente.

“É uma hora de extrema sensibilidade para todos que estão acompanhando o nascimento. Portanto, quanto melhor for atendida e tratada a mamãe, melhor será o parto, pois ela estará mais segura e não haverá problemas ou qualquer dificuldade durante a primeira amamentação do recém-nascido”, pontua.

A profissional de saúde também conta que as mamães se sentem bem mais acolhidas quando a equipe médica as trata com um certo carinho. Por ser uma hora tão esperada e delicada, os profissionais devem ter o máximo de cuidado e respeito com a paciente.

amamentação

Inúmeros profissionais da área da saúde estiveram presentes no seminário realizado na última sexta-feira (29) – foto: Yndira Assayag

Eventos

No próximo mês, além das atividades propostas para a Semana Mundial de Aleitamento Materno, as mamães também poderão acompanhar e participar de diversos eventos relacionados ao assunto na cidade. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realiza o projeto ‘Agosto Dourado’, que simboliza a luta pelo incentivo à amamentação.

Entre esses eventos do projeto está o ‘Festival da Semana do Bebê’, que debate sobre a importância dos direitos da criança logo na primeira infância. O evento acontece em diferentes cidades brasileiras e com grande participação de autoridades.

Também na programação do “Agosto Dourado’ está a já popular ‘Hora do Mamaço’, que reúne diversas mamães dispostas a propagarem o aleitamento materno com a participação e ajuda dos papais. A ação está prevista para acontecer em um sábado durante o mês de agosto.

O portal filhos&tal também incentiva a amamentação exclusiva e a Smam, por isso, durante os meses de julho e agosto, você que acompanha nossas informações poderá conferir ainda muitas outras matérias sobre aleitamento materno, assim como sobre toda a programação do ‘Agosto Dourado’.

Alyne Araújo
filhos&tal

2 Comments

  1. Pingback: Contato pele a pele entre mãe e bebê estimula produção de leite materno

  2. Pingback: Semana de Aleitamento Materno em Manaus vai ter mamaço na Ponta Negra

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *