Eventos

Convite virtual para aniversários: onde, como e por quanto fazer

 | 

A internet e a revolução das ferramentas digitais se estabeleceram na vida de todas as pessoas e influenciaram a mudança de diversos hábitos, como a organização de aniversários e eventos infantis, inclusive a maneira de convidar os amigos. O convite virtual, digital ou eletrônico tem ocupado, cada vez mais, o lugar dos convites impressos convencionais e, para a felicidade dos pais, ele é mais barato ou pode não custar nada.

As redes sociais, e-mails e aplicativos de mensagens instantâneas, como Messenger e WhatsApp, são os grandes aliados desse novo formato. A assessora de eventos e cerimonialista Danielle Sena conta que o convite eletrônico já está presente em quase todos os eventos que ela produz, seja aniversários de crianças ou adultos.

Leia também: Os melhores temas unissex para festas infantis

Ao falar sobre esse novo método de convidar, ela lembra uma recente festa de aniversário para a qual teve apenas 20 dias para fazer toda a organização e planejamento. “Foi um convite encaminhado pelo WhatsApp, e era em formato de vídeo animado. Tinha áudio, com animação das figuras e as informações iam entrando. Foi uma animação curtinha, de 20 segundos, que conseguimos avisar de imediato sobre a festa. Ela foi um sucesso, todos estavam lá”, diz.

convite digital

Danielle Sena também comenta que o WhatsApp, atualmente, é a ferramenta mais rápida de se trabalhar com esse tipo de convite, até mais que o e-mail. “O e-mail continua sendo usado, principalmente para formalização, ou documentar algo, independente do assunto. Mas o WhatsApp facilita a vida em todos os sentidos”, conta.

Praticidade e economia

O convite virtual ou convite digital pode ser um curto vídeo ou apenas uma arte, que é disseminada pelos meios eletrônicos para os convidados, sendo adaptado o tamanho e formato para as diferentes ferramentas, como aplicativos de mensagens ou redes sociais. Danielle Sena explica que a velocidade, praticidade e economia são fatores que influenciam o sucesso desse formato.

 

“Dessa forma, você não imprime mais papel, e já elimina o custo dessa impressão. E, às vezes, quando se fala de um evento que tem outros custos e tem uma pessoa que já está desenvolvendo uma arte para outros detalhes, ela nem cobra pelo convite ou inclui em todas as outras artes, para palco, entrada ou outra finalidade”, ressalta.

Quem descobriu esse método e economizou bastante foi a jornalista Jéssica Coimbra. Ela conta que a ideia surgiu durante o planejamento da festa de 1 ano do sobrinho dela, que hoje tem quatro anos. “Vimos a necessidade de usar o convite virtual porque era mais fácil enviar pelo WhatsApp, mais fácil de chegar às pessoas. Se a gente fizesse o convite de papel, teria que ir até elas para entregar, e estávamos com tempo curto para isso. Logo, criar a arte, colocar as informações e enviar por mensagem ficou mais fácil e mais cômodo”, relata Coimbra.

convite eletrônico

Leia também: Chá revelação via rede social: casal anuncia em live que espera um menino

A opção deu tão certo que, após o aniversário, o convite virtual se fez presente em todos os outros eventos da família de Jéssica, inclusive nos outros aniversários do sobrinho, que já contou com uma arte mais elaborada. “A primeira vez era diferente e as pessoas receberam bem, teve uma aceitação bacana, e a gente continuou fazendo da mesma forma”, afirma. “Já fizemos até outras comemorações, como arraial para família e amigos, e ficou bem mais fácil enviar de uma só vez, pra todo mundo, o convite virtual”.

Festas tradicionais não dispensam os impressos

E eficácia do convite digital é aprovada por usuários e especialistas, principalmente em festas não tão formais, porém, alguns eventos ainda exigem certas tradições. A assessora de eventos Danielle Sena conta que o casamento é uma celebração que não dispensa o convite impresso e individual.

Aliás, segundo ela, tudo que for mais tradicional ainda precisa dos convites físicos, como comemoração de bodas, entre outros. Já nos aniversários de 15 anos, embora ainda tragam algumas tradições (como a valsa e a troca de vestidos), o convite virtual funciona bem. De certo pelo fato de ser uma adolescente, os convidados serem jovens e todos ligados à essa época da ‘instantaneidade’.

“O convite, impresso ou eletrônico, é o cartão de visita daquela festa, que informa qual a característica do evento. E para realizar esses eventos, precisa parar e pensar em todos os detalhes e analisar qual dos dois tipos de convite vale usar na ocasião”, conta.

Onde e por quanto fazer o convite virtual

Em Manaus, todas as empresas que criam identidade visual trabalham com a produção do convite eletrônico. Algumas delas se destacam por mais tempo no mercado, como a CopyArte, Minds Design, Shopping da Impressão e Maricota’s.

convite virtual - digital

convite virtual – digital

 

Essas empresas, atualmente, são as mesmas usadas na produção de adesivos ou lonas, que compõem a decoração das festas. Uma dica é incluir o convite eletrônico na negociação do pacote, pois pode sair por um preço mais barato, ou nem ser cobrado, por conta da praticidade de criação. Danielle Sena conta que, em média, a arte do convite digital pode custar R$ 75.

Outra forma de desenvolver o material, sem gastar nem um centavo, é usar a criatividade e curiosidade. Foi assim que começaram as produções de Jéssica Coimbra. “O primeiro convite a gente fez um teste, eu mesma peguei uma imagem do tema do aniversário e colei em um aplicativo de edição, fizemos as legendas e foi… Daquele jeito bem amador mesmo”, lembra.

Leia também: Criatividade: mamães capricham na organização do mesversário

Depois, nos outros aniversários, a jornalista pediu ajuda de designers, profissionais que já conheciam a ferramenta, e ficou bem melhor. Porém, depois disso, eles mesmos aprenderam a mexer nesses programas de edição gratuitos, como o Canvas e Spark, e passaram a fazer os próprios convites. Então, que tal experimentar?

Victor Cruz
filhos&tal

 

 

 

1 Comment

  1. Pingback: Dicas de cinema para curtir com a garotada no mês das crianças 2018

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *