Educação

Em Manaus, escola ensina programação e robótica para crianças brincando

 | 

Quem não é da área pode até duvidar, mas, em Manaus, uma escola ensina a linguagem de programação e robótica para crianças de forma tão simples e lúdica que elas aprendem brincando.

Esse é o conceito aplicado na metodologia da Happy Code, franquia de educação tecnológica e inovação que abriu suas portas na capital do Amazonas em fevereiro de 2017 e já formou duas turmas, sendo a última em outubro. Ao todo, mais de 60 produtos foram produzidos pelos alunos, de 5 a 17 anos.

A formatura aconteceu na Livraria Saraiva, com a entrega de certificados e apresentação dos jogos, aplicativos e animações desenvolvidos pelos jovens.

turma da Happy Code

Um dos formandos foi Felipe Welp, 9, que teve total apoio da mãe. “Desde pequeno, ele sempre foi apaixonado por jogos, então resolvi incentivá-lo, já que esse é um mercado com grande potencial”, comentou a analista de sistemas Flávia Welp, 41, satisfeita com o resultado do trabalho feito pela escola.

Gabriel Medeiros, 9, foi outro formando e se disse feliz com o que aprendeu. “Eu consegui programar um joguinho de corrida com três fases e pretendo seguir com o aprendizado”, comentou, ressaltando que pensa fazer carreira na área. O pai, Alexandre Medeiros, 38, formado em Ciências da Computação, também dá todo incentivo ao menino.

“Já em casa, eu apresentei ele um aplicativo com o qual deu os primeiros passos. Depois, conhecemos a Happy Code e ele se interessou de imediato”.

O pai ressalta que o ensino da programação já deveria fazer parte da base curricular normal, uma vez que ajuda a desenvolver a criatividade e o raciocínio lógico-analítico das crianças para tomada de decisões. “Isso faz com que a programação seja indicada a todas as crianças e jovens e não apenas pelos que desejem seguir uma carreira profissional no campo”, analisa.

Atividades extra curricular

programação para crianças

Programação para crianças em ambiente 100% online

Em menos de um ano em Manaus, a Happy Code rapidamente encontrou espaço na grade de atividades extra curricular dos jovens. É cada vez maior o número de pais interessados nos novos conhecimentos que a escola oferece no campo da programação e robótica para crianças.

“Nosso número de cursos varia de acordo com a faixa etária, mas, em média, são de 6 a 8 opções para cada uma”, diz Yuri Teixeira, franqueado da rede fundada em 2015, no estado de São Paulo. O empresário ressalta que jovens são grandes consumidores de produtos tecnológicos e que a grande sacada da Happy Code foi trazê-los para a condição de produtores, desmistificando que programação é difícil e que só gênios conseguem aprendê-la.

“Programar é uma habilidade que pode e deve ser aprendida por essa nova geração”.

Ao todo, a escola trabalha com três plataformas de ensino: jogos, aplicativos e animações, e todas têm aulas gratuitas de demonstração para o aluno sentir com a qual mais se identifica. Outra característica dos cursos é que todos têm um produto final desenvolvido pelo próprio aluno e que pode ser baixado por familiares e amigos na Play Store.

Diversão para os alunos

Happy Code
Com ambiente 100% online e espaços decorados com personagens de animações e games prediletos dos alunos, a Happy Code torna o aprendizado de programação e robótica para crianças um verdadeiro lazer.

O funcionamento é de terça a sábado, de 9h às 18h, em cursos que variam de um a seis meses, envolvendo programação para computadores, desenvolvimento de games e aplicativos, robótica com drones, modelagem e animação em 3D, além da produção e edição de vídeos para o YouTube. As mensalidades custam a partir de R$ 290,00.

SERVIÇO

O quê: programação e robótica para crianças
Onde: na Happy Code Manaus
Localização: rua Selma Acioly, 39, Adrianópolis.
Telefone: (92) 4101-0844

 

filhos&tal

 

 

1 Comment

  1. Pingback: Aprendizado - A importância de uma segunda língua ainda na infância

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *