ambiente

Além de bonita, a cortina do quarto do bebê tem de cumprir sua função

 | 

Na hora de decorar o quarto do bebê, a cortina deve ser pensada para que cumpra bem seu papel no ambiente. No mercado há uma grande variedade de modelos, entretanto, é bom atentar para o que será colocado no quarto da criança. Afinal, além da função decorativa, a cortina também ajuda na climatização do ambiente, regulando a temperatura e luminosidade do quartinho. Ela também é uma das responsáveis pela privacidade de mãe e bebê, quando necessário, como é o caso da hora de amamentar.

Leia também: O que não pode faltar no enxoval do bebê?


De acordo com o arquiteto e decorador Achilles Fernandes, o material de que é feita a cortina do quarto do bebê deve ser um dos principais pontos avaliados pelos papais e mamães. “As persianas rolô blackout são as mais indicadas, pois alguns tecidos podem causar alergias. A rolô, por ser de material sintético, é a melhor opção, porque pode ser limpa com um pano úmido com sabão neutro”, explica.

Leia também: Tendências e novidades para o chá de bebê ou chá revelação em 2018

O material de que é feita a cortina deve ser um dos principais pontos avaliados – fotos: divulgação

Claro que é comum o papai ou mamãe se empolgarem na hora da compra, por isso Fernandes enfatiza que, embora a cortina deva combinar com a decoração, é essencial que ela cumpra sua função. Afinal, não adianta ser bonita se não funcionar!

“Cortinas devem combinar com a decoração, mas deve-se ter alguns cuidados na escolha. De preferência optar por cortinas blackout, para que não passe incidência de luz e a criança possa descansar bem à vontade durante o dia e à noite não entre nenhuma luz artificial externa que atrapalhe o sono. Geralmente, eu uso persianas rolô blackout com guias laterais”, diz o arquiteto.


Outro detalhe importante que os pais devem atentar na hora de adquirir o cortinado é quanto ao material. Achilles Fernandes recomenda o material sintético, para evitar alergias tanto em bebês como em crianças maiores.

Redação Filhos&Tal

 

Decoração; quarto do bebê; cortina

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *