Cuidado Infantil

Higienização na boca do bebê: saiba porque é importante

 | 

Desde os primeiros meses de vida, antes mesmo do surgimento dos primeiros dentinhos, o hábito da higienização na boca do bebê é essencial. Além de estimular o crescimento dos dentes de leite e permanentes, pode prevenir lesões na boca e garganta da criança.

Mas por que essa prática da higienização na boca do bebê é tão importante?
Nos casos em que a amamentação é feita exclusivamente com leite materno, não é necessário levar a higienização na boca do bebê tão a sério. Entretanto, a partir do momento em que é iniciado o uso da mamadeira com qualquer tipo de fórmula láctea, as mamães e papais precisam ficar atentos.

Segundo a odontopediatra Erika Perini, quando a criança passa a alimentar-se de outros alimentos, ocorre uma alteração do PH do ambiente bucal, o que é comum. Porém, sem a prática adequada da higienização na boca do bebê, podem ocorrer as estomatites aftosas, popularmente conhecidas como aftas.

“Essas lesões devem ser tratadas o mais rápido possível, pois prejudicam a alimentação da criança, podendo levá-la ao emagrecimento. Primeiramente, os pais devem diminuir a quantidade de alimentos ácidos e cítricos. Depois, é importante buscar uma avaliação clínica para que sejam recomendados medicações e tratamentos mais específicos, dependendo da gravidade”.

A odontopediatra também afirma que pode haver ocorrência de dores de garganta, porém, é menos comum. O tratamento dessas dores é feito através de xaropes, mas a visita a um profissional especializado ainda é indispensável.

Leia também: As melhores dicas sobre como higienizar os dentes do bebê

saiba mais sobre a higienização na boca do bebê

Com o nascimento dos primeiros dentes, a criança já pode usar escova e creme dental – fotos: Pixabay

E qual a forma mais adequada de realizar a higienização na boca do bebê?
“Quando o bebê ainda não possui dentição, podem ser utilizadas escovas de silicone, para massagear e dessensibilizar, preparando-o para a futura escovação. Mas, a partir do surgimento do primeiro dentinho de leite, o uso da escova, com creme dental, já é recomendado. É importante estar atento à composição da pasta, que deve ter, no mínimo, 1.100ppm de flúor”, explica Erika.

Complementando, a pediatra Renata Castro ressalta a importância de limpar a língua da criança, para evitar o acúmulo de resíduos alimentares. “A língua é como o ‘tapete’ da nossa boca, onde as piores bactérias se alojam. Os pais podem realizar a limpeza com a própria escovinha ou com um raspador de língua,” orienta.

Lunna Farias
Filhos&Tal